Paróquia de Santa Luzia

Orago - São José

santa luzia img6

No limiar deste século, o padre Francisco Rocha de Sousa mudou o templo que estivera anexo ao Convento de S. Tomás da Vila Nova, para o Portão do Barreto - ou seja a ermida de S. José, à entrada da Canada do Mesquita, junto ao aeródromo das Lajes.

 

Sta. Luzia

Reconstruindo-o com apreciável rigor, pedra por pedra, o então vigário da Matriz da Praia timbrou o empreendimento com dois elementos identificativos e de primordial valia histórica que difundem luz suficiente sobre a sua época e origem: as armas dos Agostinhos expostas no medalhão de madeira, em relevo e pintado a cores, fixo sobre o arco da capela - e a lápide, em vulgar cantaria, de 1,09 x 0,96 m, embutida numa das laterais exteriores, com os dizeres de que em o primeiro de Maio 690 se deu princípio a esta igreja para a qual concorreu com suas esmolas o ilustríssimo Senhor D. Frei Clemente Vieira Bispo de Angra da mesma Ordem de nosso Padre Santo Agostinho e mais devotos de S. Tomás benzeu a pedra o Mui Reverendo Padre Frei José de Sousa Vigário Provincial lançou-a o Capitão-Mor Manuel Paim de Sousa e Câmara.

Adquirido o terreno pelo dito padre.

Ermida com dimensões de igreja. Tem duas capelas laterais, púlpito, guarda-vento e coro alto, com espaçoso adro à roda. O largo fronteiriço foi ampliado há anos.

in “As Freguesia da Praia” de Pedro de Merelim